------------------------------------------------

Facções criminosas controlam até canteiros de obras do Minha Casa, Minha Vida no Ceará

Há relatos de empreiteiras que sofreram extorsão de facções para evitar furto ou roubo de material. Amedrontados, os operários recu...

Há relatos de empreiteiras que sofreram extorsão de facções para evitar furto ou roubo de material. Amedrontados, os operários recusam trabalho nesses projetos. Empresários do setor preferem não falar sobre o assunto.

O programa Minha Casa, Minha Vida permite que famílias com baixa renda consigam um imóvel próprio. O valor de um apartamento é subsidiado em até 90%, e o restante é pago pelos beneficiários. Mas, em Fortaleza, nem tudo é fácil quando se trata desse projeto. Os imóveis são alvos do crime organizado, não somente quando estão prontos, mas até durante as obras.

O residencial Luiz Gonzaga é o maior empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida no Brasil, ele  prevê mais de 3.500 apartamentos. Somente na primeira fase são previstos para este ano quase 1.800 unidades. Uma obra de R$ 130 milhões. Mas o tamanho do conjunto e do investimento público parece pequeno diante da dimensão de um dos principais problemas do bairro Ancuri e de outras regiões de Fortaleza.

Esses residenciais populares entraram na mira das chamadas facções. Essas organizações querem o domínio das áreas para ganhar terreno na disputa pelo narcotráfico em Fortaleza. Quem é beneficiado com um apartamento nesses condomínios corre o risco de ver o sonho da casa própria virar pesadelo. Antes de ameaçar e expulsar famílias, o crime organizado usa a violência para controlar os canteiros de obras e até apartamentos inacabados.

Há relatos de empreiteiras que sofreram extorsão de facções para evitar furto ou roubo de material, como equipamentos feitos sob medida e fundamentais para execução de serviços. Haveria até mesmo cobrança de resgate para a devolução de peças mais caras. Amedrontados, os operários recusam trabalho nesses projetos. Empresários do setor preferem não falar sobre o assunto.

Semana passada a TV Jangadeiro mostrou que mais de 52 famílias foram expulsas por uma facção de um residencial menos de um ano após a entrega das chaves. Algumas com prazo de cinco ou dez minutos para sair. Mas a ação do crime organizado para tomar posse dos apartamentos inclui até condomínios que sequer ficaram prontos.

Um residencial invadido ainda em obras deu origem à comunidade Babilônia, reduto da facção Guardiões do Estado. A GDE  é apontada como responsável pela morte de 14 pessoas em janeiro deste ano, no bairro Cajazeiras, maior chacina da história do Ceará. Ação motivada pela disputa contra a facção Comando Vermelho em bairros e conjuntos populares pelo controle do narcotráfico. No início do mês, a Secretaria da Segurança garantiu que as famílias expulsas poderiam voltar para casa. Um grupo acusado de expulsar famílias no Genibaú foi preso semana passada.

A ação do Ministério Público que denunciou a expulsão de mais de 50 famílias em um residencial afirma que a construtora de outro projeto do Minha Casa, Minha Vida teve de contar com o que chamou de anuência de criminosos para evitar furto de material. Já a Caixa Econômica Federal, que financia os projetos, é acusada de omissão diante da realidade, o que estimularia a criminalidade nos empreendimentos.

A produção do Jornal Jangadeiro entrou em contato com a Caixa Econômica Federal, mas até a veiculação da reportagem não houve resposta. Já a Secretaria da Segurança Pública afirma em nota que está expandindo o policiamento 24 horas em pontos estratégicos, como em conjuntos habitacionais. Algumas comunidades são alvo de ocupação policial, como o residencial José Euclides Ferreira Gomes e a Babilônia. Essas comunidades devem ganhar bases integradas de policiamento, como existe há um mês no Cidade Jardim.

Qualquer denúncia sobre o crime organizado, seja em conjuntos habitacionais ou não, deve se repassada ao Disque Denúncia. O telefone é o 181. O sigilo é garantido e é preservado o anonimato.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Tribuna do Ceará

Nome

DESTAQUE ENTRETENIMENTO ESPORTE MUNDO OUTRAS POLICIA POLITICA REGIAO SAÙDE TECNOLOGIA VIDEO
false
ltr
item
MassapeCeara.com: Facções criminosas controlam até canteiros de obras do Minha Casa, Minha Vida no Ceará
Facções criminosas controlam até canteiros de obras do Minha Casa, Minha Vida no Ceará
https://3.bp.blogspot.com/-vo8CqrkAq_M/W1je4cnXeII/AAAAAAAA1qk/70ZIkhxDbrEu0PPk72xjAwmCC6AdmXpMQCK4BGAYYCw/s1600/Mceara.com%2Be%2BMassapeCeara.com%2B2018-07-25%2B17.34.33.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-vo8CqrkAq_M/W1je4cnXeII/AAAAAAAA1qk/70ZIkhxDbrEu0PPk72xjAwmCC6AdmXpMQCK4BGAYYCw/s72-c/Mceara.com%2Be%2BMassapeCeara.com%2B2018-07-25%2B17.34.33.jpg
MassapeCeara.com
https://www.massapeceara.com/2018/07/faccoes-criminosas-controlam-ate.html
https://www.massapeceara.com/
https://www.massapeceara.com/
https://www.massapeceara.com/2018/07/faccoes-criminosas-controlam-ate.html
true
6199378621188747977
UTF-8
Não foram encontrados posts VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir De Inicio PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES TODAS Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Back Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Quinta Sexta-feira Sábado Dom Se Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar