------------------------------------------------

Membros da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) se preparavam para atacar bancos

O bando de criminosos responsável pela tentativa de assalto a um carro-forte, que recolhia malotes de dinheiro em uma lotérica no P...

O bando de criminosos responsável pela tentativa de assalto a um carro-forte, que recolhia malotes de dinheiro em uma lotérica no Parque São José, é formado por membros da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) e se preparava para ações ainda maiores. Após investigação e análise dos últimos crimes cometidos pela quadrilha, a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Polícia Civil, afirmou que o próximo passo do grupo era assaltar agências bancárias do Estado.

A afirmação veio uma semana após o confronto entre policiais e criminosos, que agiam dentro de um mercantil. A troca de tiros, na noite do último dia 11 de julho, deixou quatro mortos e três feridos.

Ao analisar a reincidência dos criminosos e os três últimos roubos atribuídos ao grupo, o delegado adjunto da DRF, Diego Barreto, afirma que a quadrilha vinha se capitalizando por meio dos valores roubados, comprando armas de maior calibre e se preparando para realizar assaltos a bancos. A Polícia Civil considera a possibilidade de os crimes ainda acontecerem, apesar da prisão de três suspeitos de integrarem o grupo, pois o chefe do bando continua solto.

Foragido

De acordo com Barreto, o suspeito Rafael Epifânio da Silva premeditou e esteve à frente da tentativa de assalto no bairro Parque São José e de mais dois ataques criminosos: o assalto a um carro-forte, na Granja Lisboa, no dia 11 de abril deste ano, que vitimou um vigilante, e pelo assalto a uma lotérica dentro de um mercantil, em Maranguape, no último dia 30 de junho. Em cada um desses atos, o bando levou em torno de R$ 50 mil.

“Desde o roubo no mês de abril, iniciamos a investigação contra essa quadrilha. Conseguimos identificar três integrantes. Um deles era o Cristian de Oliveira Lopes, que morreu na ação do Parque São José. Acreditamos que eles vinham planejando, há pelo menos três meses, essa ação”, acrescentou Barreto.

O líder do bando é de alta periculosidade, segundo a Polícia. Epifânio responde, na Justiça, a quatro roubos, de 2002 para cá, além de um homicídio. Para o delegado-adjunto da DRF, os valores subtraídos nos últimos assaltos serviram para adquirir o fuzil 7.62 utilizado na tentativa de assalto ao carro-forte, no dia 11 de julho. A arma ainda não foi encontrada e, conforme a Polícia Civil, é provável que ainda esteja em poder de Rafael Epifânio.

“Enquanto uma quadrilha como essa não tiver freio, ela continua agindo, e cada vez de forma mais agressiva. Eles queriam ganhar cada vez mais, com cada crime. Acreditamos que essa foi a primeira vez que eles usaram o fuzil”, afirmou Barreto.

Na semana passada, a Polícia Civil divulgou o nome de sete suspeitos de participar da última tentativa de assalto. No entanto, as autoridades investigam a possibilidade do grupo ser ainda maior. Quando conseguir localizar Epifânio, a Polícia espera que mais detalhes do crime sejam revelados e mais membros do bando sejam identificados.

“Pode ter mais gente dessa quadrilha solta. Os que estavam na linha de frente foram identificados, mas há a probabilidade de mais deles estarem no entorno observando e terem escapado quando começou o confronto. O Epifânio tem participação em ações ainda maiores. Ele é o mais experiente do bando, é quem tem os contatos”, revelou o delegado adjunto da DRF.

A Polícia tem recebido diversas denúncias anônimas acerca da localização do líder do grupo. Algumas das informações foram checadas e comprovadas pelos policiais. Porém, o integrante da GDE vem se deslocando rapidamente entre um logradouro e outro. “Contamos com a ajuda da população para encontrá-lo. Esperamos prendê-lo o mais rápido possível”, disse Barreto.

Confronto

Por volta das 18h30 do dia 11 de julho de 2017, a quadrilha, que tentava levar malotes de dinheiro recolhidos da lotérica de um mercantil, foi surpreendida por policiais civis. No confronto, morreram três suspeitos e um cliente da lotérica. O titular da DRF, Raphael Vilarinho, e dois vigilantes que resguardavam o carro-forte ficaram feridos por tiros, mas foram rapidamente socorridos e estabilizados.

Dois dias após a ação criminosa, a Especializada capturou três suspeitos. Desde então, Raimundo dos Santos Neto, Eduardo Alves da Silva Júnior e Francisco Gledson Nogueira de Lucena seguem presos. Dois dos presos negam participação no crime.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: OKariri



Nome

DESTAQUE ENTRETENIMENTO ESPORTE MUNDO OUTRAS POLICIA POLITICA REGIAO SAÙDE TECNOLOGIA VIDEO
false
ltr
item
MassapeCeara.com: Membros da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) se preparavam para atacar bancos
Membros da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) se preparavam para atacar bancos
https://3.bp.blogspot.com/-6gMOPV5vByo/WXCvcO4s6WI/AAAAAAAAm_o/dd7CBEYK2vQfEJCwe9yHL9NpSPZ1uZ8OgCK4BGAYYCw/s1600/002%2B2017-07-20MassapeCeara.com.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-6gMOPV5vByo/WXCvcO4s6WI/AAAAAAAAm_o/dd7CBEYK2vQfEJCwe9yHL9NpSPZ1uZ8OgCK4BGAYYCw/s72-c/002%2B2017-07-20MassapeCeara.com.jpg
MassapeCeara.com
http://www.massapeceara.com/2017/07/membros-da-faccao-criminosa-guardioes.html
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/2017/07/membros-da-faccao-criminosa-guardioes.html
true
6199378621188747977
UTF-8
Não foram encontrados posts VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir De Inicio PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES TODAS Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Back Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Quinta Sexta-feira Sábado Dom Se Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar