------------------------------------------------

Policia Federal investigará cearenses citados em delações da Lava Jato

A Justiça Federal do Ceará mandou a Polícia Federal investigar os cearenses citados na delação dos executivos da Odebrecht, Ariel Pa...

A Justiça Federal do Ceará mandou a Polícia Federal investigar os cearenses citados na delação dos executivos da Odebrecht, Ariel Parente Costa e João Pacífico, no âmbito da Operação Lava-Jato. Os delatores citaram que crimes foram praticados na execução das obras do Sistema Adutor Castanhão, em 2005. De acordo com os executivos, a fraude assegurou vantagens às empresas, desde as licitações e, execução do contrato. Segundo ele, houver também o pagamento de propina a gestores públicos. O Castanhão é o açude que abastece a capital cearense.

Entre os investigados estão o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima; o ex-governador, lúcio Alcântara; o procurador da República, Alessander Sales; o ex-secretário de Recursos Hídricos do Estado, César Pinheiro; e o ex-superintendente de Obras Hidráulicas, Leão Humberto Montezuma.

O Ministério Público Federal havia formulado pedido de que apenas algumas pessoas fossem investigadas no caso. Porém, o juiz substituto da 32ª Vara Federal, Danilo Dias Vasconcelos Almeida, negou o pedido. Ele entendeu que seria prematuro afastar investigações em relação a determinadas pessoas e fatos. Além do indeferimento, o juiz retirou o sigilo do processo.

O procurador da República, Rômulo Moreira Conrado havia pedido que houvesse extinção da punibilidade em relação ao ex-governador Lúcio Alcântara, por prescrição, e da extinção do processo de representantes das empreiteiras envolvidas nas supostas irregularidades da obra.

O juiz Danilo Dias negou ainda que a remessa dos autos para apuração dos ilícitos imputados ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, fossem levadas ao Distrito Federal. Ele entende que, como o fato ocorreu no Ceará, a competência deve ser do Judiciário cearense.  O magistrado também não acolheu a solicitação do MPF, de ser o único a conduzir e julgar as condutas relacionadas ao suposto assessor do procurador Alessander Sales, Marco Antônio de Alencar Araripe.  Segundo os delatores, “Beco” – como é conhecido o assessor – também é citado por irregularidades em obas do Tranfor.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Ceará Agora
Nome

DESTAQUE ENTRETENIMENTO ESPORTE MUNDO OUTRAS POLICIA POLITICA REGIAO SAÙDE TECNOLOGIA VIDEO
false
ltr
item
MassapeCeara.com: Policia Federal investigará cearenses citados em delações da Lava Jato
Policia Federal investigará cearenses citados em delações da Lava Jato
https://2.bp.blogspot.com/-kIZw3k1RWJc/WUKOLB_p2vI/AAAAAAAAk3w/flPHa0P3ZDsd56yOiBN6zM09XvEcjiShgCK4BGAYYCw/s320/03%2B2017-06-15%2BMassapeCeara.com.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-kIZw3k1RWJc/WUKOLB_p2vI/AAAAAAAAk3w/flPHa0P3ZDsd56yOiBN6zM09XvEcjiShgCK4BGAYYCw/s72-c/03%2B2017-06-15%2BMassapeCeara.com.jpg
MassapeCeara.com
http://www.massapeceara.com/2017/06/policia-federal-investigara-cearenses.html
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/2017/06/policia-federal-investigara-cearenses.html
true
6199378621188747977
UTF-8
Não foram encontrados posts VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir De Inicio PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES TODAS Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Back Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Quinta Sexta-feira Sábado Dom Se Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar