------------------------------------------------

Senado aprova em primeiro turno PEC que torna estupro crime imprescritível

O senado aprovou nesta terça-feira, em primeiro turno, Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna imprescritível o crime de...

O senado aprovou nesta terça-feira, em primeiro turno, Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna imprescritível o crime de estupro. A matéria ainda tem de ser votada em segundo turno e, depois, enviada para análise da Câmara. No Senado, foram 66 votos favoráveis e nenhum contrário. No Rio, a polícia investiga o estupro coletivo de uma menina de 12 anos na Baixada Fluminense. Um dos envolvidos se entregou, e a menor foi incluída no programa de proteção à testemunha.

De autoria do senador Jorge Viana (PT-AC) e com relatório de Simone Tebet (PMDB-MS), a proposta acaba com o limite de tempo em que o crime de estupro pode ser denunciado. Segundo a relatora, a maioria dos casos de estupro não são reportados. Simone Tebet cita estudo do IPEA segundo o qual o número de estupros por ano no Brasil gira em torno de 527 mil tentativas ou casos consumados, dos quais apenas 10% seriam reportados à polícia. A relatora justifica que o baixo índice de denúncia do crime se deve aos temores das vítimas de se exporem e sofrerem preconceito.

“A subnotificação dos crimes de estupro ocorre devido ao receio que as vítimas têm de sofrer preconceito, superexposição ou serem revitimizadas. Isso porque é comum que a vítima seja covardemente responsabilizada pelo estupro sofrido, seja pelo fato de ter bebido, pelo horário em que estava na rua, pela roupa que vestia ou pela maneira como dançava”, diz o relatório.

Tebet completa que pode levar anos até que uma vítima tenha coragem de denunciar o estuprador:

“É preciso observar, todavia, que a coragem para denunciar um estuprador, se é que um dia apareça, pode demorar anos. Essa medida, por um lado, permitirá que a vítima reflita, se fortaleça e denuncie, por outro lado, contribuirá para que o estuprador não fique impune”, afirma.

Atualmente, o estupro já é considerado crime hediondo e inafiançável, com penas que variam de seis meses a 12 anos. Caso resulte em morte, a pena pode subir para 30 anos. Mas, é um crime passível de prescrição, que é a perda do direito de punir do Estado pelo seu não exercício em determinado período de tempo.

De acordo com a lei atual, o tempo para prescrição varia de acordo com a pena. Quanto maior a pena máxima privativa de liberdade fixada para o crime, maior será o tempo necessário para que ocorra a prescrição penal. No caso do crime de estupro, o tempo até a prescrição pode variar de 3 a 20 anos.

Segundo a Constituição, os únicos crimes considerados imprescritíveis, hoje, são a prática do racismo e a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático. Com esta PEC, a vítima de estupro poderá, a qualquer tempo, denunciar que foi estuprada e buscar a Justiça. A relatora traçou paralelos entre os crimes de estupro e racismo para justificar a equiparação de ambos como imprescritíveis.

“O que pretende a PEC é a imprescritibilidade do crime de estupro, equiparando-o, portanto, nesse particular, ao crime de racismo. Cabe, então, perguntar qual a correlação entre ambos, ou qual o fundamento comum que permite considerá-los crimes de igual potencial ofensivo. Encontraremos a resposta na própria História do Brasil, marcada por quatro séculos de regime escravista declarado e cinco séculos de discriminação, explícita ou velada, contra a população de ascendência africana; mas, também, por cinco séculos de um dos regimes patriarcais mais resistentes à mudança em todo o Planeta. O racismo e o machismo, no Brasil, andam de mãos dadas, e contribuem com igual relevância para os aspectos mais negativos da nossa sociedade, mesmo em pleno Século XXI”, pontua Tebet.


Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: JÚNIA GAMA via O GLOBO 
Nome

DESTAQUE ENTRETENIMENTO ESPORTE MUNDO OUTRAS POLICIA POLITICA REGIAO SAÙDE TECNOLOGIA VIDEO
false
ltr
item
MassapeCeara.com: Senado aprova em primeiro turno PEC que torna estupro crime imprescritível
Senado aprova em primeiro turno PEC que torna estupro crime imprescritível
https://4.bp.blogspot.com/-fJu_7zr5Eiw/WRJojUaa8gI/AAAAAAAAhN0/r9hIg0RWtHoeO-ol8iFBDFCR_GOMewz8wCK4B/s640/Cr%25C3%25A9ditos%2BMassapeCeara.com013-2017-05-09.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-fJu_7zr5Eiw/WRJojUaa8gI/AAAAAAAAhN0/r9hIg0RWtHoeO-ol8iFBDFCR_GOMewz8wCK4B/s72-c/Cr%25C3%25A9ditos%2BMassapeCeara.com013-2017-05-09.jpg
MassapeCeara.com
http://www.massapeceara.com/2017/05/senado-aprova-em-primeiro-turno-pec-que.html
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/2017/05/senado-aprova-em-primeiro-turno-pec-que.html
true
6199378621188747977
UTF-8
Não foram encontrados posts VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir De Inicio PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES TODAS Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Back Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Quinta Sexta-feira Sábado Dom Se Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar