------------------------------------------------

Delegada faz apelo para população ajudar a localizar suspeito de matar garota Beatriz no Sertão de PE

A delegada Gleide Ângelo fez um apelo, na manhã desta quarta-feira (24), para que sejam mais divulgadas as imagens do suspeito de te...

A delegada Gleide Ângelo fez um apelo, na manhã desta quarta-feira (24), para que sejam mais divulgadas as imagens do suspeito de ter assassinado a menina Beatriz Angélica, 7 anos, morta a facadas durante uma festa escolar em Petrolina, no Sertão pernambucano. A policial acredita que o homem não é natural de Pernambuco nem da Bahia. Se fosse, segundo ela, já teria sido identificado. Para a delegada, que faz parte da equipe de três policiais que procuram o assassino, o homem foi o executor de um crime encomendado.

O pedido foi feito durante uma reunião ordinária da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), localizada na área central do Recife. O encontro teve como pauta principal a procura pelo assassino. Um grupo de amigos e parentes de Beatriz também esteve presente. Eles vieram de Juazeiro (BA) e de Petrolina.

Na reunião, Gleide Angelo falou sobre a experiência na polícia e com casos de assassinato. “Eu trabalho com investigação de homicídio há 10 anos. Eu chego ao local e tem um corpo, mas não há estemunhas nem nada. Mesmo assim, a gente descobre. Há casos aparentemente mais difíceis que a gente descobre, mas tem casos que parecem ser, inicialmente, fáceis, mas não são". declarou.

Para a delegada, é preciso apoio da população para solucionar o caso Beatriz. "Uma festa com mil pessoas e câmeras. A princípio, parecia que não tinha como você não descobrir. Todo mundo pensou isso, assim como eu pensei. De repente, esse caso fácil tomou uma proporção muito difícil. Agora, a polícia precisa de uma ajuda maior”, pontuou Gleide.

As imagens do suspeito foram divulgadas pela polícia em março deste ano, depois de mais de um ano de investigação. O vídeo mostra o suposto assassino em uma ruas atrás da escola. Ele se passa por flanelinha durante duas horas, antes de colocar uma faca na calça e seguir para a unidade de ensino. Um novo vídeo vai ser produzido pela Alepe, para ajudar na divulgação do caso. O Disque-Denúncia oferece R$ 10 mil a quem der informações que permitam a identificação do homem.

Ao longo da reunião, os pais de Beatriz se emocionaram muito. Eles contam os dias sem a filha. São 531. A mãe, Lucinha Mota, diz que a sua vida parou em 10 de dezembro de 2015, quando a menina foi morta. Ela comenta a dificuldade em enfrentar a perda e a impunidade do assassino.

“Quando eu vi a imagem daquele assassino eu me transformei em outra pessoa, não sou mais a mesma. Eu achei que a polícia já tinha desvendado esse crime cruel, mas não. Aquele assassino pode estar planejando, hoje, tirar mais uma vida de uma criança, destruir outra família, destruir um lar”, disse a mãe.

Durante a tarde, os pais de Beatriz foram recebidos pelo Ministério Público de Pernambuco, onde se reuniram com o Subprocurador-Geral de Justiça em Assuntos Jurídicos, Clênio de Andrade. Segundo o pai de Beatriz, Sandro Romilton, o órgão afirmou estar empenhado nas investigações. "Eles disseram que o caso não vai ser esquecido e que não param de trabalhar na elucidação do crime. Faz mais de um ano do assassinato da nossa filha e nada se sabe. Queremos uma posição concreta", disse Sandro.

O caso

Beatriz foi assassinada com 42 facadas dentro de um dos mais tradicionais colégios particulares de Petrolina. O crime ocorreu dentro da quadra onde acontecia a solenidade de formatura das turmas do terceiro ano da escola. A irmã da menina era uma das formandas.

A última imagem que a polícia tem de Beatriz foi registrada às 21h59, quando ela se afasta da mãe e vai até o bebedouro do colégio, localizado na parte inferior da quadra.

Minutos depois o corpo da criança foi encontrado atrás de um armário, dentro de uma sala de material esportivo que estava desativada após de um incêndio provocado por ex-alunos do colégio. Até hoje ninguém foi preso.


Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: G1
Nome

DESTAQUE ENTRETENIMENTO ESPORTE MUNDO OUTRAS POLICIA POLITICA REGIAO SAÙDE TECNOLOGIA VIDEO
false
ltr
item
MassapeCeara.com: Delegada faz apelo para população ajudar a localizar suspeito de matar garota Beatriz no Sertão de PE
Delegada faz apelo para população ajudar a localizar suspeito de matar garota Beatriz no Sertão de PE
https://3.bp.blogspot.com/-SZo7QMgOxyw/WSjQR7Tpa_I/AAAAAAAAjEE/h6CZ364rpgot477HVasK6CuY3ew7kXp2gCK4B/s320/Cr%25C3%25A9ditos%2BMassapeCeara.com027-2017-05-26.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-SZo7QMgOxyw/WSjQR7Tpa_I/AAAAAAAAjEE/h6CZ364rpgot477HVasK6CuY3ew7kXp2gCK4B/s72-c/Cr%25C3%25A9ditos%2BMassapeCeara.com027-2017-05-26.jpg
MassapeCeara.com
http://www.massapeceara.com/2017/05/delegada-faz-apelo-para-populacao.html
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/
http://www.massapeceara.com/2017/05/delegada-faz-apelo-para-populacao.html
true
6199378621188747977
UTF-8
Não foram encontrados posts VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir De Inicio PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO SEARCH TODAS AS PUBLICAÇÕES TODAS Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Back Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Quinta Sexta-feira Sábado Dom Se Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar